Produção de Café, Como Aumentar a Produtividade

Plantação de café de alta produtividade

Técnicas de cultivo para o plantio de café

Hoje em dia, grande parte dos produtores rurais utiliza apenas a sua experiência na tomada de decisões, a disponibilidade de recursos financeiros e de mão-de-obra, a tradição, o potencial da região e a rentabilidade também são levados em conta. Quando a lucratividade é baixa, o produtor de café tem dificuldade em identificar e quantificar os pontos do processo produtivo que estão causando problemas. Uma boa gestão de custos é extremamente importante, pois auxilia o produtor na tomada de decisões estratégicas e ajuda a aumentar a produtividade de seu empreendimento rural.

Adminsitração rural: A solução para os Produtores de Café

Segundo Peter Drucker (2003), a administração rural deve colocar o desempenho econômico em primeiro lugar, uma vez que um empreendimento só justifica a sua existência mediante os resultados econômicos que produz, independente dos demais resultados que obtiver.

O processo de modernização da agricultura, durante o século XX, trouxe para a cafeicultura brasileira a idéia de eficiência na produção de café, ou seja, necessidade deotimizar o manejo dos fatores de produção, a fim de obter maior produtividade e rentabilidade. Por outro lado, se torna nescessário um nível de investimento cada vez maior para o empreendimento agrícola. Existe ainda, uma tendência de redução do preço do café associada à elevação dos custos de produção do grão, causada pelo aumento dos encargos de financiamentos bancários, elevação da carga tributária, e aumento dos preços dos insumos básicos.

Diante desta situação, há a necessidade de adoção de modelos administrativos que busquem a redução dos gastos e o aumento do faturamento dos produtores de café. Nesse sentido, a administração rural se tornou uma alternativa para se identificarem os principais gargalos dentro dos sistemas produtivos, levantando informações que possam gerar intervenções a fim de aumentar a eficiência do cafezal.

Como aumentar a produtividade do cafezal

Dentro do arcabouço da administração da produção de café, a determinação do custo dentro de uma empresa rural é de vital importância, esta é feita através de critérios específicos de gestão. A busca por maior capacidade gerencial ocorre por meio do suprimento de informações relevantes sobre os diversos processos, serviços ou atividades operacionais.

O controle dos custos parciais de cada atividade poderá orientar o produtor de café da seguinte maneira:

  • Mostra os gastos dos diferentes empreendimentos agrícolas;
  • Possibilita calcular o rendimentos da cultura de café;
  • Permite a determinação do volume do agronegócio;
  • Indica as melhores épocas para a venda e aquisição de produtos;
  • Permite o cálculo dos custos da produção; e
  • Permite o cálculo das medidas de resultado econômico.

O objetivo mais importante dos registros agropecuários em uma empresa rural é fornecer subsídios para diagnosticar a situação da empresa e realizar um planejamento rural eficaz. Obter essas informações passa a ser mais importante quando inserimos essa organização dentro do contexto complexo e dinâmico do mercado de café atual, que exige cada vez maior competitividade do produtor de café.

Como Aumentar a Produtividade do Cultivo de Café
Como Aumentar a Produtividade do Cultivo de Café

Deste modo, vemos que é fundamental para a cafeicultura brasileira que o produtor rural esteja bem informado sobre a composição de seus custos para elaborar estratégias de ação confiáveis, ponderadas e que busquem as melhores alternativas possíveis. Através da administração rural é possível possibilitar a visualização antecipada de restrições e dificuldades impostas pelas mudanças nos níveis de preço do mercado de café e dos elementos componentes do custo rural, possibilitando assim maior coerência na tomada de decisão e aumento na produtividade do café.

Ministério da Agricultura investe na Qualidade e Produtividade do Café

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *